Coleção Watkins / Schevill

A Instituição Oceanográfica de Woods Hole (WHOI) forneceu ao Museu da Baleia de New Bedford dados sobre mamíferos marinhos e artefatos.   Existem dois componentes desta oferta.  A Coleção William A. Watkins – Gravações Audio e Dados de Mamíferos Marinhos  consiste em gravações em áudio e vídeo, manuscritos e reimpressões.  A Coleção William A. Watkins e William E. Schevill –  Imagens e Instrumentos consiste em fotografias, instrumentos de gravação e arpões.  Estas coleções foram criadas ou colecionadas por William Alfred Watkins, com a ajuda de William E. Schevill, Peter Tyack, Melba Caldwell, Thomas Potter e G. Carleton Ray, entre outros.

 


Arquivo Histórico de Sons de Mamíferos Marinhos Agora Disponível Online

Clique aqui para ter acesso a gravações de mais de 60 espécies.

As Gravações de Sons de Mamíferos Marinhos da Coleção William A. Watkins consistem em gravações de várias espécies de mamíferos colecionadas durante sete décadas numa grande variedade de áreas geográficas por Watkins e muitos outros.


 

Leia um Comunicado de Imprensa sobre o Arquivo de Sons de Mamíferos Marinhos. (6/20/2016)

WHOI ajudando a oferecer uma descrição mais completa

Transcrição de entrevista com William A. Watkins por Gary Weir e Frank Taylor (pdf), March 2000

 

Sobre William Alfred Watkins

Abaixo: um vídeo de 4 minutos apresentando William A. Watkins entitulado O Homem Que Abriu os Nossos Ouvidos ao Oceano.

screenshot of video - The Man Who Opened Our Ears to the Ocean

William Alfred Watkins foi um pioneiro em bioacústicos de mamíferos marinhos, estudando o comportamento de baleias, golfinhos e focas no seu ambiente natural.  Nasceu a 8 de Janeiro de 1926, em Conakry, na Guiné Francesa na África Ocidental, onde os seus pais trabalharam como Missionários Cristãos da Missão Aliança.  Depois de se formar em antropologia pelo Wheaton College em Illinois em 1947, trabalhou como empregado da Universidade em sistemas elétricos e de rádio até 1950 antes de regressar à África Ocidental, onde nasceu e foi criado.  Interessado em línguas, aprendeu mais de 30 línguas Africanas.  Construiu e operou uma estação de rádio internacional (ELWA) em Monrovia, na Libéria de 1951-1957. Também serviu como Presidente da Associação de Radiodifusão da África Ocidental, tendo sido gerente da estação e chefe do departamento de línguas da ELWA antes de regressar aos Estados Unidos e a Cape Cod.

 

Gravações Marinhas de Localidades pelo Mundo

Abaixo: Gravações Marinhas de Localidades Geográficas Preservadas na Coleção William A. Watkins – Gravações Audio e Dados de Mamíferos Marinhos .