Téjela: Histórias de Tecelagem, Vidas de Tecelagem

Datas de Exposição: 18 de Fevereiro de 2013 – 7 de Abril de 2013

Histórias de Tecelagem, Vidas de Tecelagem: Têxteis Maya da Guatemala e New Bedford esteve em exibição de 18 de Fevereiro até 7 de Abril em parceria com o Museu de Antropologia Harrenreffer da Universidade de Brown.

A tecelagem Maya conta histórias. Está enraizada na tradição, vivendo ainda hoje. A exposição apresenta trajes históricos da Guatemala, e trajes que são confeccionados hoje em dia, em New Bedford, por tecelãs Maya usando o seu tear tradicional de alça traseira. Junte-se a esta celebração de um novo capítulo na longa tradição de New Bedford no fabrico de têxteis. Agora até Abril admissão ao Museu da Baleia é grátis para aqueles que vivem em New Bedford, oportunidade tornada possível por um donativo do BayCoast Bank.

No Sábado 2 de Março às 2:00 p.m. venha ver os tecelões locais usam o tear tradicional Maya para criar belos tecidos de expressão pessoal. Durante a semana de férias escolares (19-22 de Fevereiro), traga a sua família para desfrutar do artesanato Maya, têxteis relacionados e outras atividades oferecidas gratuitamente entre as 10:00 as 12:00 p.m

Tweet a exposição em #weavinglives.

Têxteis Maya do Museu de Antropologia Haffenreffer (Universidade de Brown) e a coleção de tecelagem Oxib’B’atz (New Bedford) celebram a tecelagem artística Maya, uma prática narrativa enraizada na tradição que permanece uma forma essencial de expressão até hoje. A antropóloga Margot Blum Schevill recentemente doou a sua extensa coleção de têxteis, reunida durante a década de 1970, no Museu Haffenreffer. Localmente, Oxib’B’atz continua a tecer usando o tradicional tear de correia traseira.

Com conservadoria de Anna Ghublikian e María D. Quintero, a exposição exibe peças históricas e contemporâneas, que refletem uma nova compreensão sobre o papel do fabrico de têxteis na história de New Bedford e daqueles que a tornaram sua casa.