À volta do Mundo e de Regresso Outra Vez: Artistas de New Bedford no Exterior

 

Datas de Exibição: 30 de Outubro de 2014 – Maio de 2016

Antes da Cidade de Nova Iorque se tornar, indiscutivelmente, o epicentro do mundo da arte moderna no início do Século XX, muitos artistas Americanos foram atraídos para a Europa, para aperfeiçoamento técnico e experiência cultural. O oeste Americano estava romantizado pela Escola Hudson River nesse tempo e muitos pintores e fotógrafos viajaram para cantos remotos dos Estados Unidos, capturando os espetáculos da natureza. O trabalho que os artistas de New Bedford produziram com base nas suas viagens não só refletiu influências europeias e o orgulho nacionalista florescente nas maravilhas da paisagem Americana, mas também informou o público sobre o mundo além da Baía de Buzzards.

As perspectivas comerciais eram diversas e os artistas comercializavam o seu trabalho através mostras ou apresentação, como Benjamin Russell e William Bradford, enquanto outros trabalhavam em óleos mais íntimos e aguarelas para venda privada, como Clement Nye Swift ou Albert Pinkham Ryder. Os seus trabalhos foram, na maior parte das vezes, para venda e havia da sua parte um certo esforço para atender os gostos do seu público. Esses interesses também se refletem no desenho industrial, arquitetura e moda em New Bedford.

Das mesquitas do Médio Oriente aos canais de Veneza, das praias do Alaska ao Fórum Romano, ver o mundo como New Bedford do Século XIV fez: através dos olhos de seus artistas.

A exposição abriu com uma recepção na Quinta-feira, 30 de Outubro.  A noite teve início às 6 p.m., seguida às 7 p.m. por uma palestra de Janice Hodson, Conservadora de Arte da Biblioteca Pública de New Bedford. Esta palestra fez parte das séries de palestras do Old Dartmouth Lyceum.