Azorean Maritime Heritage Society

9ª Regata Internacional de Botes Baleeiros Açorianos

O Museu tem sido um parceiro inabalável da Azorean Maritime Heritage Society (AMHS) desde a fundação da instituição, em 1997. A missão da AMHS é promover a cultura açoriana e o património baleeiro, aumentando o interesse e o orgulho no seio da comunidade açoriana-americana da Nova Inglaterra e reconhecendo o riquíssimo património partilhado, há mais de 150 anos, entre New Bedford e os Açores. Foi assim que, a Bela Vista, o primeiro bote baleeiro açoriano a ser construída após a era da caça à baleia, foi trazido para os EUA e lançado à água, em New Bedford, através desta parceria. Uma extensão activa do Museu, o Bela Vista foi mantido e utilizado para atividades relacionadas com a prática do remo e da vela pela AMHS, desde o seu lançamento a 7 de Setembro de 1997. A AMHS também tem assento no Conselho Consultivo Português do Museu, orientando os eventos e exposições do Museu relacionados com a cultura marítima portuguesa, incluindo a Galeria dos Baleeiros Açorianos.

Construindo os primeiros botes baleeiros nos EUA

Dois anos mais tarde, a primeira Casa dos “Botes” foi erguida no recinto do Museu e serviu como “estaleiro” da AMHS, onde mais dois botes açorianos foram construídos entre 1999 e 2000, o Faial e o Pico. A tenacidade da Dra. Mary T. Vermette, a primeira presidente da AMHS, juntamente com o apoio inabalável do Museu, fez deste sonho uma realidade. A Casa dos Botes permaneceu no Parque Histórico Nacional da Baleação, até que a estrutura do edifício foi aproveitada para construir uma nova ala do Museu e o, nela, o Centro de Descobertas – Casa dos Botes.

Hoje, os três botes são os únicos do género nos Estados Unidos e parte dos 63 existentes em todo o mundo. A AMHS mantém estes barcos e utiliza-os para eventos culturais, históricos e recreativos. Através de competições, atividades recreativas de remo ou vela, desfiles e exposições, estes botes promovem o debate sobre o nosso património marítimo comum. Os membros da AMHS têm a oportunidade única de velejar e remar estes belos botes baleeiros ao longo do verão, bem como participar em competições locais e internacionais.

Eventos

A AMHS participa em muitos eventos locais, incluindo o Festival de Waterfront, a Festa do Santíssimo Sacramento e muito mais. O evento anual para angariação de fundos, a degustação de vinho, é realizado em parceria com o Museu. Para além disto, a Sociedade angaria também fundos, para atribuição de bolsas de estudo a estudantes universitários do primeiro ano, na comunidade.

O evento que a AMHS mais se orgulha de organizar é, no entanto, a Regata Internacional de Botes Baleeiros Açorianos, realizada a cada dois anos e alternando entre os Açores e New Bedford. A regata oferece oportunidades de intercâmbio cultural e apresenta equipas de ambas as origens – Açores e New Bedford – que competem em corridas de vela e remo.

Em 2013, foi estabelecida a Dabney Cup, em parceria com o Museu, como uma corrida inaugural entre botes baleeiros açorianos e ianques. Nos anos em que a Regata Internacional tem lugar em New Bedford, as baleeiras  ianques do Museu e do Mystic Seaport vão lado a lado com os botes dos Açores, evocando, figurativamente, uma ponte de embarcações que liga os Açores à Nova Inglaterra.